Nossas Raízes

Para falar dos nossos produtos, é preciso falar da nossa origem. Do pé no chão, do cheiro de terra molhada e das pessoas conversando na janela.

A Fiore começou em uma fazenda na Estância Paraíso em 1972. Tudo graças ao Seu Florentino, que queria produzir um leite puro e realmente delicioso. E assim montou o primeiro rebanho de vacas holandesas, essas malhadinhas que você conhece dos filmes e quadrinhos.

O amor e carinho do Seu Florentino estavam presentes em todas as etapas da produção. Você acredita que ele até chamava as vacas pelo nome? É sério, era Fiorela pra lá, Filomena pra cá e por aí vai. E esse espírito foi o diferencial para colocar o Espírito Santo como o quarto estado do Brasil a produzir leite tipo A. Que orgulho!

De lá pra cá, a família Fiore cresceu. Assim como o nosso amor pelo que é verdadeiro. E com isso vieram mais produtos e muito mais responsabilidades. O que não mudou foi o cuidado com a qualidade do que sai das nossas fazendas e chega até a sua mesa, para a sua família. Afinal, para nós o que importa é leite, amor e nada mais.

Nossa história

Nossa história começou em 1972, quando Florentino Nicolau Corteletti, conhecido como Seu Florentino, iniciou a seleção do nosso rebanho leiteiro de raça holandesa, e no ano de 1982, iniciou o investimento em estábulos tipo Free Stall (circulação livre de animais), ordenha mecânica, resfriamento e armazenamento de leite. Tudo isso porque ele queria beneficiar e envasar um leite que fosse realmente muito, muito bom.

A partir de 1985, começamos a trabalhar na produção de leite na Fazenda Estância Paraíso, localizada em Santa Teresa, uma das cidades mais charmosas nas montanhas do Espírito Santo. Um lugar incrível que não poderia deixar de ter “Paraíso” no próprio nome. Nessa época, colocamos o Espírito Santo como o quarto estado do Brasil a produzir leite tipo A.

Sempre preocupados com a qualidade do nosso rebanho, realizamos um processo de transferência de embriões para acelerar o melhoramento genético do rebanho e multiplicar os melhores animais. As vacas de raça holandesa da fazenda Fiore, em 1991, já ganharam destaque nacional. E com a inauguração dos laticínios, em julho de 1985, nós iniciamos o processo de industrialização.

Amor, carinho e respeito por nossos consumidores. Esses são os principais ingredientes que garantem o sucesso da Fiore, que leva da fazenda até a sua mesa produtos de qualidade há mais de 30 anos.

Missão

Oferecer produtos de alta qualidade, produzidos com amor e dedicação, encantando o consumidor e proporcionando prazer, saúde e bem-estar. Com um trabalho ético, participativo e harmonioso, possamos levar crescimento humano, eficiência e lucratividade aos parceiros, funcionários e acionistas.

Visão

Ser uma empresa competitiva, responsável e com boa lucratividade. Produzir os melhores produtos que tenham sabor e ofereçam prazer para atender e encantar aos consumidores mais exigentes, e ser referência no mercado de produtos lácteos do Espírito Santo.

Valores

  • Compromisso com a qualidade;
  • Persistência e determinação;
  • Pioneirismo;
  • Amor pelo o que fazemos;
  • Simplicidade como regra para fazer as coisas de forma simples, rápida e segura como fórmula para o sucesso;
  • Comprometimento;
  • Respeito com os consumidores, funcionários, parceiros e ao meio ambiente.

O cuidado com os animais

Todas as fêmeas, na sua maioria da raça holandesa, que produzem leite na fazenda, são acompanhadas desde o nascimento, onde fazemos a cura do umbigo e acompanhamos o desenvolvimento, vacinações e vermifugações, além dos exames anuais de tuberculose e brucelose. Isso tudo é registrado na ficha de cada animal, que recebe um nome e número para facilitar o seu acompanhamento a vida inteira.

Ambiente controlado

Ao chegarem aos 24 meses, idade do primeiro parto, as vacas são encaminhadas para um estábulo com o conforto necessário para atingirem o máximo do seu potencial em leite. Além disso, o ambiente é controlado por ventiladores e aspersores de água, garantindo uma ventilação 24 horas por dia para as vaquinhas.

Conforto

Já a alimentação passa a ser fornecida 4 vezes ao dia e suas camas são feitas de areia. Devido a sua característica inorgânica, as camas se adequam ao corpo do animal, sendo bem frescas, macias e muito bem limpas, favorecendo o descanso.

Higiene

Antes de cada ordenha, as vacas são lavadas em duchas de 15 minutos em um ambiente climatizado, e depois são conduzidas para a sala de ordenha, onde as tetas são higienizadas e desinfetadas para serem acopladas as teteiras e iniciar a ordenha, que acontece 3 vezes ao dia.

Diariamente nos preocupamos com o cuidado e carinho com os nossos animais. Sempre realizamos o melhor tratamento, que faz toda a diferença na produção e qualidade do leite Fiore.

Responsabilidade com a natureza

Sustentabilidade e responsabilidade ambiental são prioridades no dia a dia da fazenda. Para preservar a natureza e evitar impactos ambientais, todos os resíduos e dejetos do laticínio e da fazenda são conduzidos para uma estação de tratamento. Lá, a parte sólida é separada da parte líquida, que fica armazenada em lagoas e posteriormente é utilizada para irrigação, plantio de milho e pasto.

Devido o cuidado e manejo com o nosso rebanho, não existe infestação de parasitas (bernes, carrapatos e vermes). Dessa forma, nosso leite é livre de qualquer resíduo de produtos químicos.